HomemercadosMarcas históricas de interesse nacional, o decreto está em andamento

Marcas históricas de interesse nacional, o decreto está em andamento

A aplicação da parte do 'decreto de crescimento de 2019' que previa o estabelecimento do novo registro do 'Marcas Históricas de Interesse Nacional'. (1) As novidades a seguir.

Marcas históricas de interesse nacional, decreto Mi.SE 7.4.20

O decreto 27.2.20 do Mi.SE (Ministério do Desenvolvimento Econômico), no Diário Oficial 7.4.20, implementa o decreto de crescimento de 2019 indicando os procedimentos para inscrição no registro deMarcas históricas de interesse nacional'. (2)

As questões podem ser apresentados à UIBM a partir de 16.4.20, exclusivamente por via eletrónica, com pagamento do imposto de selo igual a 15 euros (art. 2º). As candidaturas devem ser acompanhadas de:

- para marcas registradas, o relatório do primeiro depósito na Itália (ou o relatório de renovação menos recente), a reprodução da cópia da marca, bem como toda a documentação relativa a quaisquer alterações (limitações ou renúncias parciais) dos registros de produtos protegidos e / ou serviços,

- para marcas não registradas, a reprodução da cópia da marca e da documentação (conforme Decreto Legislativo 30/05, art. 178.4 e Portaria Ministerial 33/10, art. 53.4), demonstrando uso efetivo e contínuo por no mínimo 50 anos. Especificar os bens e serviços a que se referem, de acordo com a classificação internacional de Nice. Esta documentação pode consistir na apresentação de amostras de embalagens, rótulos, tabelas de preços, catálogos, faturas, documentos de expedição ou exportar, fotografias, anúncios de jornal, declarações escritas emeios semelhantes'(art. 3).

EuMarca histórica' italiano

O UIBM (Escritório Italiano de Patentes e Marcas), após o recebimento dos pedidos, verifica a existência das condições estabelecidas e a idoneidade probatória dos documentos anexos. Com direito a comunicar vistoria e atribuir um prazo de 20 dias para integração documental e em quaisquer outros casos julgados necessários. A investigação deve ser concluída em até 60 dias, no caso de marcas registradas, e 180 dias no caso de marcas não registradas (Portaria Ministerial 27.2.20, art. 4º).

Em caso de aceitação do pedido, a UIBM permite ao requerente o uso promocional da marca de reconhecimento 'Marca histórica'abaixo de.

O registro especial de marcas históricas de interesse nacional é publicado no site www.uibm.gov.it e pode ser consultada na base de dados de depósitos e títulos de propriedade industrial da UIBM, o que garante a sua constante atualização (art. 7º).

Entrada no cadastro tem duração ilimitada, não é passível de renovação e o titular pode solicitar o seu cancelamento a qualquer momento. O cancelamento está sujeito aos mesmos métodos de triagem, sem certeza para já sobre a sua aceitação automática.

Notificação obrigatória de fechamento ou realocação

A empresa titular ou licenciado de marcas inscritas no registo especial da nova instituição - caso pretenda encerrar o local de produção de origem (ou em qualquer caso principal) para cessar a actividade ou realocá-lo para o estrangeiro, com os consequentes despedimentos colectivos - tem o dever de notificar ao Ministério do Desenvolvimento Econômico as informações relativas a isso.

Na sequência da notificação acima, o MiSE inicia o processo de identificação de possíveis intervenções, recorrendo sempre que necessário aos recursos do novo 'Fundo de Proteção de Marcas Históricas de Interesse Nacional '. Com o objetivo de salvaguardar os níveis de emprego e a continuação da atividade produtiva no território nacional.

O descumprimento das obrigações de notificação acima indicada implica a aplicação de sanções administrativas de € 5.000 a € 50.000.

Fundo de Garantia para PMEs

PMEs proprietários ou licenciados da marca histórica também podem acessar as apropriações do 'Fundo de garantia para pequenas e médias empresas', para projetos de valorização de sua marca. As formas de acesso a este fundo ainda não foram estabelecidas.

Dario Dongo, Domenico de Simone, Giovanni Orsoni

Note

(1) Decreto de crescimento, D.L. 30.4.19/34/28.6.19 n. 58, convertida com algumas modificações na lei XNUMX, n. XNUMX. 'Medidas urgentes para o crescimento económico e para a resolução de situações específicas de crise,

(2) Portaria MiSE 27.2.20, Direcção-Geral da Protecção da Propriedade Industrial, Instituto Italiano de Patentes e Marcas. 'Procedimentos de solicitação de registro no registro especial de marcas históricas de interesse nacional'(20A01963). No Diário Oficial da Série Geral 7.4.20, n. noventa e dois

+ postagens

Advogado atuante na área de propriedade intelectual desde 1972, é sócio fundador da De Simone & Partners Spa e da De Simone Law Firm. Ex-presidente da European Communities Trademark Association (ECTA), acompanha todas as áreas relacionadas à exploração econômica dos direitos de propriedade intelectual.

+ postagens

Advogado duplamente qualificado na Itália e no Reino Unido, atuante na área de propriedade intelectual desde 2005. Trabalhou em Londres, Veneza, Milão e Roma, com foco particular em marcas, direitos autorais, nomes de domínio e design.

+ postagens

Dario Dongo, advogado e jornalista, doutor em direito alimentar internacional, fundador da WIISE (FARE - GIFT - Food Times) e da Égalité.

Artigos Relacionados

Artigos recentes

Commenti recentes

Traduzir »