HomeAtores-consumidoresSemear para nutrir. Conferência em Reggio Emilia

Semear para nutrir. Conferência em Reggio Emilia

A cobertura mediática do “Protesto dos Tractores” desperta questões urgentes na opinião pública sobre o futuro da agricultura e dos alimentos que ela produz. Falaremos sobre isso no dia 11 de maio de 2024 em Reggio Emilia, no evento 'Semear para nutrir. A comida que eu gostaria', organizado por Sua Evolução.

Ameaças da fazenda à mesa

O advogado Dario Dongo, fundador do GIFT - Grande Comércio Alimentar Italiano e candidato às eleições europeias de 2024 no círculo eleitoral do Nordeste com o movimento #PaceTerraDignità - abre o evento com uma análise aprofundada das ameaças que representam para a agricultura e a produção alimentar na Europa.

As instâncias a serem representadas em Estrasburgo, descrito no programa político de Dario Dongo, abrangem (entre outras coisas) todos os aspectos da cadeia de abastecimento que vai do campo agrícola à mesa:

- preço justo,

– proteção da agricultura familiar e camponesa,

– agroecologia,

– proteção do solo,

– informações ao consumidor,

– modulação dos acordos de comércio livre no domínio alimentar. (1)

OGM novos e antigos

As consequências da desregulamentação dos novos OGM avançados na UE são facilmente previsíveis se olharmos para a parábola dos “antigos” OGM. Além dos receios sanitários, o esquema opressivo de agricultura patenteado por algumas multinacionais, capaz de sufocar a agricultura camponesa e todas as outras formas que não a agricultura industrial, está a ser novamente proposto. (2)

Informações detalhadas sobre antigos e novos OGM é confiado a Giovanni Caccialupi, pesquisador do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Modena e Reggio Emilia.

Que agricultura, que comida

O empobrecimento do solo, os efeitos devastadores do cultivo intensivo e da disseminação de pesticidas sintéticos são inimigos da sobrevivência a longo prazo, mas também da produtividade, como demonstra um estudo recente do INRAE. (3)

Quais práticas agrícolas devemos ser protegidos para podermos cultivar e alimentar-nos segundo a lógica da sustentabilidade ambiental e social é o tema que ilustra Giorgio Bonacini, agricultor biodinâmico da fazenda Il Grifo.

A força das realidades locais

Tiziana Alterio encerra a reunião, jornalista investigativo e escritor, que ilustra a força das realidades locais.

O evento está aberto a todos. Consulta marcada no sábado, 11 de maio de 2024, às 15h, na sala de conferências do Mercure Astoria em Reggio Emilia, na viale Leopoldo Nobili 2. Atualizações da página https://fb.me/e/1V52VGPKx.

Marta Chamuscado

Note

(1) Dário Dongo. Paz, Terra e Dignidade. O nosso movimento nas eleições europeias de 2024. GIFT (Grande Comércio de Alimentos Italianos). 14.3.24

(2) Dário Dongo. Trocas de sementes e novos OGM em votação no Parlamento Europeu. GIFT (Grande Comércio de Alimentos Italianos). 18.4.24

(3) Dário Dongo. Eliminar pesticidas sintéticos, estudo do INRAE. GIFT (Grande Comércio de Alimentos Italianos). 20.4.24

Marta Chamuscado
+ postagens

Jornalista profissional desde janeiro de 1995, trabalhou em jornais (Il Messaggero, Paese Sera, La Stampa) e periódicos (NumeroUno, Il Salvagente). Autora de pesquisas jornalísticas sobre alimentação, publicou o livro "Ler rótulos para saber o que comemos".

Artigos Relacionados

Artigos recentes

Commenti recentes

Traduzir »