Home pageAdoçarAdoçantes sem calorias, efeito paradoxal

Adoçantes sem calorias, efeito paradoxal

Adoçantes zero calorias, efeito paradoxal. Eles podem fazer você engordar mais do que açúcar

Aqueles que escolhem adoçantes sem calorias para manter o peso corporal sob controle podem experimentar o efeito oposto e engordar. É o que emerge de algumas pesquisas científicas sobre os efeitos dos adoçantes acalóricos no controle do peso.

Dúvidas sobre a utilidade para perda de peso

A hipótese de que os adoçantes são responsáveis ​​pelo ganho de peso foi refeita em metanálise publicada em julho de 2017 no CMAJCanadian Medical Association Journal. Os pesquisadores têm analisaram vários ensaios clínicos randomizados sobre a substituição de açúcar com vários adoçantes como aspartame, sacarina, glicosídeos de esteviol

O paradoxo é que a substituição da sacarose pelo moléculas adoçantes síntese acalórica (quase sempre) - que por si só obviamente não pode garantir a consecução de seu objetivo primordial, o controle de peso - pode até levar, com o tempo, a uma aumento no índice de massa corporal (IMC) e o risco cardiometabólico relacionado.

Zero calorias? A fome neuronal é desencadeada

De acordo com o pesquisa publicada em meados de 2016 su Cell Metabolism por um grupo de pesquisa australiano, na base desse efeito paradoxal está um mecanismo biológico ancestral. 

Na prática, o desequilíbrio entre o sabor doce do adoçante (sucralose, nesta pesquisa) e a falta de nutrição que o organismo associa a ele desencadeia uma fome neuronal. A percepção da necessidade de comer mais alimentos.

Adoçantes e ganho de peso

A inconsistência entre o sabor adocicado e a falta de valor energético, que caracterizam os adoçantes de zero caloria, resulta, inclusive, no ganho de peso, segundo pesquisa publicada em Current Biology em agosto de 2017. Os pesquisadores verificaram isso administrando várias bebidas a cobaias humanas, com energia e doçura marcadas por paradigmas opostos:

Bebidas muito doce, mas não calórico, graças à adição de sucralose,

- bebidas com alto valor energético, mas nada doces, graças às maltodextrinas (carboidratos calóricos, mas sem sabor). 

Também neste caso, destacando como a 'simulação de doçura' sem calorias desencadeia uma reação fisiológica que induz o indivíduo a buscar mais alimentos e finalmente ganhar peso.

Marta Chamuscado

Marta Chamuscado
+ postagens

Jornalista profissional desde janeiro de 1995, trabalhou em jornais (Il Messaggero, Paese Sera, La Stampa) e periódicos (NumeroUno, Il Salvagente). Autora de pesquisas jornalísticas sobre alimentação, publicou o livro "Ler rótulos para saber o que comemos".

Artigos Relacionados

Artigos recentes

Commenti recentes

Traduzir »